Você sabia que a contracepção contínua é uma prática que está ganhando cada vez mais adeptas?

Sim, já é possível viver sem menstruar  todos os meses com qualidade de vida por meio da contracepção contínua.  Ela pode ser a solução para muitas mulheres que vivem os desconfortos da menstruação e ainda proporcionar mais saúde e disposição para as atividades do dia-a-dia.

As vantagens do uso contínuo

O principal benefício do tratamento anticoncepcional contínuo é o fim dos os sintomas desconfortáveis da menstruação como cólicas e outras manifestações da TPM.  Além disso, o método é bastante indicado para mulheres com histórico de endometriose e problemas como miomas  para  controle de sintomas.

O método mais utilizado para evitar a menstruação é o uso da pílula anticoncepcional ininterruptamente durante todos os dias do mês.

A escolha do melhor método deve ser feita em conjunto entre a mulher e o ginecologista. Deve-se considerar as condições da saúde da paciente, o seu estilo de vida  para que ele possa fazer a indicação do medicamento mais adequado.

 

A verdade, sobre Menstruação e TPM

 

O que falam por aí.

Menstruação é fundamental para indicar que está tudo bem com o organismo da mulher.

A verdade.

A menstruação é um fenômeno natural que ocorre mensalmente, quando parte da camada interna do útero (endométrio) é eliminada ao final de um ciclo menstrual, indicando que não houve fecundação naquele ciclo.

 

O que falam por aí.

A menstruação faz parte da vida da mulher e por isso ela tem que menstruar mensalmente.

A verdade.

A menstruação faz parte sim, da vida da mulher…. Mas para algumas mulheres a menstruação repetitiva e na frequência com que ocorre nos dias atuais pode ser um transtorno, causando diversos sintomas, entre eles aqueles associados a TPM.

 

O que falam por aí.

Menstruação sempre esteve presente na vida das mulheres, porque agora achar que ela pode ser prejudicial para algumas mulheres.

A verdade.

Vamos lembrar que antigamente, época das nossas avós e bisavós as mulheres menstruavam bem menos, pois engravidavam mais cedo, tinham um maior número de filhos e amamentavam por mais tempo. Portanto, elas menstruavam bem menos e enfrentavam menos transtornos relacionados a menstruação.

 

O que falam por aí.

A TPM é normal na vida da mulher e por isso ela tem que se conformar e enfrentar os sintomas com naturalidade.

A verdade.

A maioria das mulheres em idade reprodutiva apresenta sintomas pré-menstruais e menstruais que estão associados às oscilações hormonais do ciclo menstrual. Entretanto, dependendo do tipo e da intensidade destes sintomas, eles podem afetar profundamente a saúde e a qualidade de vida da mulher.

 

O que falam por aí.

A TPM não tem cura e por isso o jeito é se conformar e encarar essa realidade

A verdade.

A TPM pode ser bastante atenuada ou mesmo eliminada através de medidas simples que incluem atividade física, orientação dietética e em alguns casos o médico pode indicar o tratamento farmacológico com pílulas anticoncepcionais ou com medicamentos que atuam no SNC.

 

O que falam por aí.

As pílulas anticoncepcionais pioram a TPM.

A verdade.

A maioria das pílulas anticoncepcionais não demonstram efeitos benéficos sobre os sintomas da TPM, podendo inclusive agravar alguns deles devido aos seus efeitos colaterais. Entretanto, atualmente estão disponíveis pílulas anticoncepcionais que atuam, favoravelmente, sobre os sintomas da TPM. São as novas pílulas com hormônios de última geração e que podem ser usadas no regime que elimina a pausa mensal.

 

O que falam por aí.

Eliminar a menstruação mensal através do uso de pílulas no regime contínuo para tratar os sintomas da TPM é prejudicial à saúde da mulher.

A verdade.

Estudos recentes mostram que o uso da contracepção contínua não traz riscos diferentes daqueles observados com o uso de pílulas no regime convencional com pausa.

 

O que falam por aí.

Mulheres que tratam os sintomas da TPM com anticoncepcionais de uso contínuo têm mais dificuldade quando decidem engravidar.

A verdade.

Relaxe, não há qualquer comprometimento da fertilidade após a suspensão da pílula contínua. O tempo de retorno à fertilidade é praticamente o mesmo, pouco importa se a mulher usa o regime contínuo ou convencional com pausa.

 

O que falam por aí.

Somente as mulheres com mais de 18 anos podem usar com segurança os anticoncepcionais de uso contínuo no tratamento da TPM.

A verdade.

As pílulas anticoncepcionais, independentemente do tipo de regime de tomada (contínuo ou com pausa), podem ser usadas pelas adolescentes, já a partir da primeira menstruação. Entretanto, os especialistas recomendam que se aguarde dois anos após a primeira menstruação para iniciar o tratamento com hormônios, período em que já houve um maior amadurecimento do sistema endócrino que controla o ciclo menstrual.