Dieta detox inúmeros benefícios para sua saúde

Dieta detox supervisionada por um nutricionista

Domingo à noite é dia daquela pizza deliciosa… Você consegue comer apenas uma fatia? Difícil, muito difícil! Se você abusou da alimentação e ganhou alguns quilinhos ou viu seu rosto ficar repleto de espinhas, talvez seja necessário fazer uma dieta para voltar ao ritmo normal de alimentação e, de quebra, perder quilinhos a mais e, ainda melhorar pele e os cabelos. Ultimamente, no entanto, a modalidade de dieta detox vem sendo utilizada como promessa de melhoria de vários problemas. O que é mito e o que é verdade? Vamos conferir agora.

Celulite melhora a partir de algum tempo seguindo uma dieta saudável?

Sim. Isso acontece porque a dieta detox é rica em frutas vermelhas, como morango, uva e açaí, que melhoram a circulação sanguínea, e folhas verdes, como couve, espinafre e rúcula, que ajudam na eliminação de toxinas. As toxinas ingeridas por má alimentação desencadeiam processos inflamatórios que agravam a celulite e interferem nos hormônios que regulam o metabolismo, o que intensifica a retenção de líquido e o aspecto ondulado da pele.

Reduz a acne e controla a oleosidade da pele após duas semanas

Sim. Qualquer dieta balanceada e pobre em gordura promove esse efeito. O diferencial da dieta detox é a adição de alimentos antioxidantes à alimentação, que ao serem ingeridos combatem radicais livres e melhoram a saúde geral da pele.

Reduz a queda de cabelo

Sim, mas apenas a queda por quebra. Tal efeito também tem a ver com a baixa ingestão de gordura e o alto consumo de antioxidantes. Essa combinação combate os radicais livres, que aceleram o envelhecimento do fio, deixando-o quebradiço e opaco, e diminui a oleosidade no couro cabeludo que, por sua vez, estimula a caspa e a queda capilar.

Nos primeiros dias de dieta é comum ter dor de cabeça, falta de energia e irritabilidade

Sim. Esses sintomas surgem porque o processo de desintoxicação libera as toxinas para a corrente sanguínea, que se encarrega de levar o ‘lixo’ até os órgãos excretores, como intestino e rins. Justamente por isso a detox é contraindicada para grávidas, crianças com menos de 10 anos de idade e pessoas desnutridas, em tratamento de câncer ou com problemas renais.

A dieta detox deve ser feita anualmente?

O objetivo é ajudar o organismo a eliminar as toxinas geradas pela poluição, cigarro, agrotóxicos e medicamentos e alimentos de baixo teor nutricional entre outros. O acúmulo de substâncias não-funcionais interfere no funcionamento das células, o que pode trazer diversas consequências, como vermelhidão da pele, acne, prisão de ventre, diarreia e dificuldade para emagrecer. A desintoxicação, que deve ser feita por três semanas, promove alívio de dores musculares, da tensão pré-menstrual, enxaqueca, fadiga, depressão, insônia, compulsão alimentar, cãibra e da psoríase, além de melhorar o sono, o humor, a memória, a imunidade, a libido e a concentração.

A dieta detox é modismo?

Verdade. Entretanto, a dieta detox foi elaborada com base na bioquímica e na fisiologia humana. Por isso, deve ser individual e prescrita por um nutricionista após uma avaliação completa do paciente.